Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Jogando na Arena Castelão, o Ceará enfrentou o Atlético/GO, em partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão 2021. Em partida marcada pela disputa física, principalmente no meio campo, as equipes não conseguiram marcar e o placar ficou zerado.

O primeiro tempo iniciou com o Vozão tendo um pouco menos a bola do que seu adversário e buscando as chances em contra-ataques. As poucas chances do time visitante vieram em chutes de fora da área, mas foram defendidas por Richard.

A primeira boa chegada do Vozão veio com o atacante Cléber, aos 16 minutos. Depois de bom passe de Vina, o centroavante bateu para defesa de Fernando Miguel.

Aos 35, Fernando Sobral desarmou a defesa atleticana e bateu muito forte, mas por cima do gol.

Quatro minutos depois, o lance mais curioso do primeiro tempo. Em disputa de bola, Marlon raspou a mão na parte posterior do ombro de Zé Roberto. De uma maneira até estranha e com um considerável atraso, o atacante atleticano sentiu a pancada no rosto. A arbitragem analisou o lance e optou por dar cartão amarelo ao volante alvinegro.

Aos 44, o Time do Povo teve a melhor chance da primeira etapa. Após se livrar da marcação, Lima bateu colocado. O goleiro visitante só pôde torcer, mas a bola passou à esquerda do gol defendido por Fernando Miguel.

Os 45 minutos finais foram de poucas oportunidades para as duas equipes. A primeira boa oportunidade veio somente aos 21 minutos. Após saída errada de Fernando Miguel, Cléber bateu por cima do gol.

Antes do fim do jogo, Guto Ferreira propôs a entrada de nomes como Rick, Jorginho, Airton e do estreante Erick. Os novos nomes em campo oxigenaram o ataque alvinegro e o Vozão criou chances de abrir o placar, mas sem sucesso.

Com o empate, o Mais Querido manteve-se na sétima posição, agora com 23 pontos. A segunda-feira será de descanso para o elenco. A reapresentação será na terça-feira, 10/08, em Porangabuçu.

 Matheus Pereira/Departamento de Comunicação - CSC