Atlético-go

Corinthians é superado pelo Atlético-GO na estreia no Brasileirão 2021

O Corinthians viveu duas estreias na noite deste domingo (30). A equipe alvinegra fez o seu primeiro jogo na edição 2021 do Campeonato Brasileiro da Série A, enfrentando o Atlé...

Por Redação

há 4 meses


Corinthians é superado pelo Atlético-GO na estreia no Brasileirão 2021



O Corinthians viveu duas estreias na noite deste domingo (30). A equipe alvinegra fez o seu primeiro jogo na edição 2021 do Campeonato Brasileiro da Série A, enfrentando o Atlético-GO em sua casa, a Neo Química Arena. Além disso, foi a primeira vez do técnico Sylvinho, contratado na última terça-feira (25), à frente do clube alvinegro. Dentro de campo, o Timão lutou muito, mas foi superado por 1 a 0 na Casa do Povo.
O Corinthians buscou o melhor entrosamento nos minutos iniciais de sua estreia no Brasileirão, bem como a adaptação ao gramado molhado por uma chuva que caiu momentos antes do apito inicial. A primeira chance veio aos seis minutos. O Timão roubou a bola no campo de ataque e Luan recebeu de Vital na intermediária, ajeitou e chutou de fora da área, e o goleiro defendeu.
Mesmo procurando a melhor adaptação no setor ofensivo, o Alvinegro seguiu tendo a maior parte da posse de bola, mas sem conseguir furar o bloqueio. A segunda oportunidade clara veio aos 18 minutos: após bate e rebate, Gustavo Silva recebeu na área pela esquerda e chutou, mas a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.
Aos 27 minutos, o Coringão teve grande chance: Mateus Vital dominou pela ala esquerda e lançou Ramiro na ponta oposta em profundidade. O camisa 8 chutou de primeira no canto direito e obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa, espalmando para o lado. Aos 32, nova oportunidade: Vital cruzou na área e a zaga afastou, e na sobra Piton de primeira no canto esquerdo, para nova defesa do goleiro.
A chuva aumentou e o jogo ficou mais difícil para as duas equipes, que tiveram dificuldade para trocar passes. Apesar disso, o time alvinegro seguiu atacando. Aos 44 minutos, o Atlético-GO abriu o placar em troca de passes pela direita e Zé Roberto chutou na saída de Cássio. O árbitro deu dois minutos de acréscimo, e apitou o fim do primeiro tempo pouco antes dos 47 minutos.
O Corinthians retornou dos vestiários com a mesma equipe que iniciou o confronto, realizando apenas ajustes táticos e de posicionamento. A primeira ocasião de perigo veio aos oito minutos, quando Ramiro e Gustavo Silva tabelaram e o camisa 8 cruzou na área, mas o goleiro defendeu.
O jogo ficou picotado e com muitas faltas no meio-campo. Para mudar isso, aos 14 minutos Sylvinho realizou a primeira mudança: saiu Roni e entrou Araos. Assim, Gustavo Silva se posicionou mais para o lado direito. E dois minutos depois o camisa 19 fez jogada individual, driblou um marcador, entrou na área e sofreu pênalti. Mateus Vital cobrou, e o goleiro adversário defendeu.
O Timão seguiu pressionando. Aos 20 minutos, em ataque rápido pelo centro do campo, Ramiro tocou para Luan e o camisa 7 chutou de fora da área, e a bola bateu na rede sobre o gol. Cinco minutos depois, Sylvinho fez mais duas mudanças: saíram Camacho e Mateus Vital e entraram Cantillo e Adson. Depois, aos 37, colocou Jô na vaga de Luan.
Nos minutos finais, a partida voltou a ficar muito parada com faltas. Aos 40, Jô foi lançado na área em profundidade e dividiu com o zagueiro e o goleiro adversários, e cabeceou para fora. O árbitro deu um total de sete minutos de acréscimo e o Corinthians seguiu tentando jogar, esbarrando nas seguidas paralisações promovidas pelo time adversário. No entanto, o resultado seguiu o mesmo até o apito final do árbitro.

 
Outras noticias do Corinthians

  Timão faz treino tático de olho no duelo contra Atlético-GO